Fotografia de Ricardo Gonçalves
www.ricardogoncalves.eu

Bio

Pat R (nome artístico de Patrícia Ribeiro), nasceu a 11/09/93, é uma autora portuguesa, natural de Évora. Viveu na cidade até aos dezoito anos, tendo-se mudado depois para Lisboa, onde reside até ao momento. Tendo crescido num ambiente altamente influente a nível artístico, desde cedo desenvolveu um gosto particular pela música, cinema, fotografia e literatura. Começou a escrever muito cedo, tendo completado o primeiro trabalho mais extenso aos 12 anos. A partir de então, dedicou-se, incessantemente, à escrita de argumentos, romances, poesia e contos, durante os anos de ensino secundário e de faculdade.

 

 

Estudou Estudos Artísticos, Publicidade e Marketing e Cinema (na Escola Superior de Teatro e Cinema) e, em 2014, decidiu dedicar-se exclusivamente à escrita. 

 

Em 2014, publicou a sua primeira novela Inércia. Depois disto, dedicou-se a tempo inteiro à pesquisa e produção do projeto Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, que viria a ser o seu primeiro romance. Em fevereiro de 2015, publicou O Pijama da Gata, a sua segunda novela, que já estaria escrita há alguns anos. 

 

Em Dezembro de 2015, publicou Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, o primeiro resultado do investimento exclusivo na sua carreira literária. O romance tem sido apresentado pelo país, com uma receção excelente. As 68 sugestões musicais que inclui ajudam a recriar o mood da história e têm sido interpretadas como uma assinatura da autora, consideradas inovadoras no âmbito literário e um complemento interessante à leitura. 

 

Desde 2016, tem colaborado com diferentes ilustradores numa plataforma de contos lançada online no seu website e colaborado na escrita de guiões, workshops de escrita/ilustração, enquanto trabalha num novo projeto literário. 

 

No final de 2018, lançou um projeto audiovisual, intitulado Maybe It's Paradise, com foco em viagens e recriação de material artístico. No projeto destacam-se várias rúbricas, entre as quais "Halloween Series" - onde recriam casais de filmes de terror em casas abandonadas, com a parceria da fotógrafa Leonor Ribeiro e da maquilhadora Joana Laginha e"Hotel Series" - com a parceria de várias unidades hoteleiras a nível nacional. 

 

De entre as variadas influências em todas as artes, destaca-se, a nível da literatura, o trabalho de Charles Bukowski, William S. Burroughs, Jack Kerouac, J.G. Ballard, Hemingway, Fitzgerald, William Blake, Émile Zola, Marguerite Duras, Hunter S. Thompson, Philip Roth, Kathy Acker, Irvine Welsh, Donna Tartt, Jonathan Franzen e Bret Easton Ellis, entre muitos outros. 

 

 

Pat R (born 11/09/93) is a Portuguese author, born in Evora, Portugal. She lived in the city until she was eighteen, moving then to Lisbon, her home city until now. Having grown in an highly artistic environment since early, she developed a particular taste for music, cinema, photography and literature.  She started writing early, having completed her first extensive work by the age twelve. Since then, she dedicated, incessantly, during her graduation years to writing scripts, novels, poetry and short stories.

 

She studied Artistic Studies and Cinema (at Escola Superior de Teatro e Cinema) and in 2014 decided to dedicate herself exclusively to writing.

 

In 2014, she publishes her first novella, Inércia. She then focused full-time on the research and production of Man Will Never Know Any Of This, her first novel. On February 2015, she publishes O Pijama da Gata, her second novella, that had been written for several years.

 

In December 2015, she publishes Man Will Never Know Any Of This, the first result of her full-time investment in her literary career. The novel features 68 music suggestions that help to recreate the story’s mood, this novel has since being presented all through the country, with an excellent reception among the audience. Pat has wagered in presentations to different audiences. The musical suggestions have been interpreted as a signature by the author, considered groundbreaking in the literary field and an interesting complement to the novel’s reading. Some readers say they only read the book if they get access to the tracks for a more complete experience.

 

Since 2016, she’s been collaborating with different illustrators on a short stories platform launched online on her website and collaborated in script writing, writing/illustration workshops and while working on a new project.

 

By the end of 2018, she started a photography and videography project called Maybe It's Paradise, focused mainly on travel and artistic content. In this project, a few sections stand out as "Halloween Series" - where they recreate couples from horror movies placing them on abandoned sites, alongside Joana Laginha (makeup artist) and Leonor Ribeiro (photographer) or "Hotel Series" - with the partnership of hotel units all over the world. 

 

From various influences in all artistic subjects, stands out, literarily, the work of Charles Bukowski, William S. Burroughs, Jack Kerouac, J.G. Ballard, Hemingway, Fitzgerald, William Blake, Émile Zola, Marguerite Duras, Hunter S. Thompson, Philip Roth, Kathy Acker, Irvine Welsh, Jonathan Franzen, David Foster Wallace, Donna Tartt, Bret Easton Ellis, among so many others. 



 

as a screenwriter:

Produced by Kinéma 

  Havia tanto que poderia dizer sobre mim e haveria tanto que nem sequer seria capaz de o fazer, porque não o sei, ainda. Haveria muito que gostaria de contar, mas falta-me o contexto, o tempo, o espaço. Não saberia ao certo como o colocar, como o confessar, como o deixar sair e o controlar, sem que tome vida própria e pareça exagerado, descontrolado. Haveria inúmeras coisas que poderia dizer sobre mim e ainda assim não significariam nada. Portanto, vou optar por não as dizer, vou guardá-las em mim onde sei que não magoam ninguém, onde sei que não causam danos. Mas, citando Truman Capote, uma coisa é certa "As palavras salvaram-me sempre da tristeza."

Produced by Kinéma